10 livros essenciais para entender o “novo mundo” do Direito

Estamos, definitivamente, diante de um “novo mundo” do Direito. Soluções tecnológicas desenvolvidas por startups jurídicas estão remodelando a forma como os serviços são prestados. As tecnologias estão criando novos comportamentos e, consequentemente, novas questões jurídicas. O campo está passando por um período de transformação digital e não voltará a ser analógico como antes.

Entendendo o “novo mundo” do Direito

Para compreender esse “novo mundo”, nada melhor do que aprender com as pessoas que estão construindo seus alicerces, seja no Brasil, seja no exterior. Desse modo, hoje elenco 10 livros essenciais, tanto estrangeiros quanto nacionais, para quem deseja compreender os drivers que estão transformando o Direito como o conhecemos. Vamos, então, às indicações:

1. Abundância (2012)

novo mundo do direito 01

A obra apresenta quais são as tecnologias que estão progredindo em ritmo exponencial. Além disso, demonstra a importância de enxergar o mundo através do paradigma da abundância, sendo altamente recomendada para os profissionais do Direito, sobretudo advogados.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

2. Tomorrow’s Lawyers (2013)

novo mundo do direito 02

Embora sem tradução para o português, o livro é fundamental para os profissionais da advocacia. Na obra, o professor britânico Richard Susskind ilustra os desafios que os advogados deverão enfrentar no futuro. É, aliás, a principal obra sobre o futuro da Advocacia.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

3. A Segunda Era das Máquinas (2015)

novo mundo do direito 03

No livro, Erik Brynjolfsson e Andrew McAfee sustentam que profissões de todo o tipo (incluindo a dos advogados) serão transformadas para sempre. A dupla ilustra os impactos das tecnologias digitais e revela quais são as forças que estão promovendo a reinvenção da economia.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

É provável que você goste:

O advogado 4.0 deve enxergar a tecnologia como oportunidade (e não como ameaça)

4. A Quarta Revolução Industrial (2015)

novo mundo do direito 04

O fundador do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, explica como a Quarta Revolução Industrial é diferente de tudo o que a humanidade já experimentou. Tanto o Direito quanto seus operadores estão inseridos neste novo contexto.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

5. Digital Justice (2017)

novo mundo do direito 05

Escrito por Ethan Katsh e Orna Rabinovich-Einy, o livro é fundamental para quem deseja conhecer mais sobre as tecnologias de resoluções de conflitos online (ODRs). A obra apresenta soluções tecnológicas tanto para solucionar quanto para impedir litígios.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

6. Inevitável (2017)

novo mundo do direito 06

Embora não trate diretamente sobre Direito, o livro ilustra cenários de como as próximas transformações afetarão nossas vidas. Kevin Kelly sustenta que as tendências tecnológicas hoje em movimento definirão o futuro, sendo, portanto, de leitura obrigatória.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

7. Rebooting Justice (2017)

Escrita por Benjamin H. Barton e Stephanos Bibas, a obra explora temas como tecnologias jurídicas e as novas abordagens que os profissionais do Direito (e, em especial, da advocacia) podem adotar para ter melhores resultados na prática.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

É provável que você goste:

2 disciplinas que deveriam ser obrigatórias em todo curso de Direito

8. The Future of the Professions (2017)

Escrito por Richard Susskind e seu filho Daniel Susskind, o livro explica de que modo as tecnologias estão impactando as profissões e como podemos enfrentar os novos desafios. Em síntese, a leitura é recomendada para quem deseja entender sobre o futuro das profissões.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

9. O advogado do amanhã (2019)

Organizado por Bruno Feigelson, Daniel Becker e Giovani Ravagnani, o livro é complementar à obra Tomorrow’s Lawyers (indicação nº 2). Em suma, nela são reunidos temas relacionadas à nova advocacia, sendo todos eles com viés multidisciplinar.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

10. Advocacia 4.0 (2019)

O livro abrange temas fundamentais que os advogados devem dominar para ter sucesso no mercado jurídico. A obra, organizada por Viviane Nóbrega Maldonado e Bruno Feigelson, é de leitura obrigatória para quem deseja entender o “novo mundo” do Direito.

  • Enfim, clique AQUI para saber mais sobre o livro.

Gostou das indicações de livros para entender o novo mundo do Direito?

Faltou algum livro importante? Deixe seu comentário abaixo!


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

O advogado 4.0 deve enxergar a automação como aliada ou como inimiga?

Próximo

Entenda o que é a Quarta Revolução Industrial e como ela afeta o trabalho dos advogados