10 tecnologias que mudaram a prática jurídica ao longo da história

O Direito não é conhecido como um campo vanguardista e, ao longo da história, sempre teve dificuldade de acompanhar o compasso da tecnologia. O setor jurídico costuma resistir aos avanços tecnológicos até o último segundo, demorando a adotá-los. Mas a tecnologia é uma força que não espera tampouco pede licença. Indústrias e setores foram (e continuarão sendo) completamente transformados por ela – e não poderia ser diferente com o Direito.

10 tecnologias que mudaram a prática jurídica ao longo da história

Confira, então, 10 tecnologias que mudaram a prática jurídica ao longo da história:

1. Máquinas de escrever

ao longo da história 01

Quando surgiram: 1867

Como mudaram a prática jurídica: em resumo, mecanizaram o processo de escrita e aumentaram a velocidade de transcrição.

2. Máquinas copiadoras

ao longo da história 02

Quando surgiram: 1960

Como mudaram a prática jurídica: em síntese, eliminaram as cópias em carbono. Além disso, economizaram tempo e reduziram os custos de impressão.

3.  Máquinas de fax

ao longo da história 03

Quando surgiram: 1964

Como mudaram a prática jurídica: em síntese, aumentaram a velocidade de comunicação e reduziram substancialmente os custos de correspondência.

É provável que você goste:

Os 3 estágios de interação dos advogados com a tecnologia

4. Computadores de mesa

ao longo da história 04

Quando surgiram: 1977

Como mudaram a prática jurídica: em resumo, revolucionaram o gerenciamento de informações e o armazenamento de dados.

5. Processadores de texto

ao longo da história 05

Quando surgiram: 1980

Como mudaram a prática jurídica: em síntese, tornaram obsoletas as máquinas de escrever, além de diminuir o tempo necessário para criar e revisar documentos.

6. Pesquisa jurídica informatizada

Quando surgiu: 1983

Como mudou a prática jurídica: em resumo, aumentou a velocidade e eficiência da pesquisa, eliminou a necessidade de manter bibliotecas jurídicas onerosas.

7. Laptops

Quando surgiram: 1986

Como mudaram a prática jurídica: em resumo, os profissionais passaram a ter mobilidade para trabalhar de qualquer lugar.

É provável que você goste:

13 tecnologias que irão revolucionar a prática jurídica

8. Internet

Quando começou a se popularizar: anos 90

Como mudou a prática jurídica: em síntese, revolucionou a comunicação e a maneira como os serviços jurídicos são conduzidos.

9. Dispositivos móveis

Quando começaram a se popularizar: anos 2000

Como mudaram a prática jurídica: só para ilustrar, smartphones e tablets tornaram possível escritórios móveis, permitindo que advogados trabalhem e acessem informações relacionadas a casos judiciais de qualquer lugar e a qualquer momento.

10. Computação em nuvem

Quando começou a se popularizar: a partir de 2006

Como mudou a prática jurídica: em resumo, aumentou o poder e a eficiência da computação, bem como potencializou os dispositivos móveis, além de permitir que advogados armazenem seus documentos e petições num único local.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Siga-me, então, no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

O que aprendi participando do Global Legal Hackathon 2020

Próximo

Visual Law: o que pensam os magistrados brasileiros sobre elementos visuais em petições?