13ª Vara do Trabalho de Fortaleza adota Visual Law em resumos de sentenças

A 13ª Vara do Trabalho de Fortaleza (CE) está utilizando técnicas de Visual Law em resumos de sentenças, com objetivo de facilitar a compreensão das partes em relação ao que foi decidido, sem que seja necessário um profissional para “traduzir” o resultado. O novo modelo reúne ícones, tabelas e cores para sintetizar as sentenças trabalhistas.

Visual Law em resumos de sentenças

Conforme a Juíza do Trabalho Karla Yacy Carlos da Silva, a iniciativa busca levar o cidadão a entender a decisão com clareza, por meio de uma linguagem de fácil entendimento, “especialmente considerando a possibilidade de apresentação e acompanhamento de demandas sem a necessidade de patrocínio por advogados, no exercício do jus postulandi“:

O princípio da simplicidade recebe o auxílio de técnicas de design para oferecer ao cidadão uma resposta à sua demanda adequada às suas necessidades. O juridiquês cede lugar a um diálogo esclarecedor com o cidadão, utilizando recursos visuais. – Karla Yacy Carlos da Silva (Juíza do Trabalho da 13ª Vara)

De acordo com Cristiano Carvalho Fialho, servidor da Vara responsável pela aplicação, o modelo contribui ao próprio trabalho dos advogados. Os profissionais frequentemente precisam explicar várias vezes a decisão a seus clientes. Desenvolver um resumo de sentença acessível aos principais participantes do processo é, assim, viabilizar o acesso à Justiça:

Considerando que os maiores interessados na decisão do juiz são pessoas leigas, que muitas vezes precisam do advogado para “traduzir” a decisão, propiciar um resumo da sentença com fundamentos de Legal Design e Visual Law nos aproxima desse jurisdicionado,  propiciando um sentimento de verdadeira prestação judicial com entrega de uma sentença com linguagem e parâmetros visuais acessível a todos. – Cristiano Carvalho Fialho (Servidor da 13ª Vara)

Confira, em suma, o novo modelo:

resumos de sentenças 01

É provável que você goste:

TRT7 adota Visual Law em manual para audiências virtuais

Clique AQUI para acessar o modelo completo.


Enfim, quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Universidade nos EUA está preparando estudantes para o mercado jurídico do futuro

Próximo

Comentários ao PL 1.643/2021, sobre o uso de QR Codes nos processos judiciais eletrônicos