ADVBOX ajuda escritórios de advocacia a se tornarem digitais

Continuo a série de entrevistas com (co)fundadores de lawtechs e legaltechs do Brasil. Mais de 30 startups já compartilharam suas experiências neste site. Na entrevista de hoje recebi a ADVBOX, a plataforma que ajuda escritórios de advocacia a se tornarem digitais. Conversei com o Eduardo Koetz, CEO da ADVBOX, sobre o funcionamento e os planos para o futuro. Conheça, então, mais detalhes da ADVBOX:

1. Em primeiro lugar, como surgiu a ADVBOX?

A ADVBOX surgiu em 2014, quando comecei a necessitar de um software jurídico para a Koetz Advocacia e testei outros 24 softwares na época que eram fichários de clientes e processos altamente limitados. Conciliou com a percepção de que o programador do site do escritório tinha um potencial imenso em comparação com o que estava disponível no mercado.

Hoje ele é sócio da ADVBOX comigo e construiu em 3 anos uma das melhores e mais avançadas ferramentas jurídicas do mercado brasileiro. Admiro muito a capacidade dele e sei que até o final deste ano levará o software da ADVBOX a ser o mais inovador e mais completo do mercado, com plena segurança de dados e com todas as funcionalidades disponíveis na tecnologia atual.

2. Em síntese, quais são os serviços oferecidos pela startup?

ADVBOX é uma empresa consolidada, que já se autofinancia e gera lucro consistente. Hoje não nos consideramos mais uma startup. É um software que integra duas necessidades dos escritórios: a gestão por tarefas e a gestão do escritório (processual, consultiva, financeiro, folha de pagamento). Entretanto, é inovador e único em vários itens criados por nós: taskscore (sistema de pontuação por tarefas); métricas de produtividade por funcionário; gestão de parcerias e compartilhamento de processos com contas de escritórios parceiros; automação no atendimento dos clientes por SMS e e-mail. 

3. Só para ilustrar: qual é o diferencial da ADVBOX em relação às demais lawtechs que oferecem soluções similares?

A ADVBOX tem uma proposta muito mais ampla de gestão, que migra o escritório para o digital de forma completa, e não apenas sendo um suporte eletrônico como os demais concorrentes. Chamamos esse modelo de Escritório Digital. A ADVBOX dá todo suporte para fluxo interno do trabalho e relação com os clientes e judiciário por dentro da ferramenta, o que permite fazer tudo de qualquer lugar.

Em suma, é o único software que permite abolir (se for o desejo do gestor) o escritório físico, mantendo equipes jurídicas remotas de forma que aumente a produtividade e proporcione maior controle do gestor sobre o que cada colaborador faz. O Taskscore é um sistema de gestão de pessoas inovador, que automatiza o reconhecimento e permite recompensar cada um de forma mais justa.

É provável que você goste:

Cálculo Jurídico é uma plataforma de cálculos online que elimina a dor de cabeça dos advogados

4. Aliás, a empresa tem um Propósito Transformador Massivo (MTP)? Se sim, qual?

Sim, liderar a transformação para a Advocacia Digital. No meio das Lawtechs soa como algo óbvio, mas não é de aumentar o uso de tecnologia por advogados que estamos falando. A Advocacia Digital é a 3ª maior mudança histórica da nossa profissão desde o seu surgimento na Idade Antiga.

A Advocacia Digital é uma transformação maior do que a vivida no Império Romano e na Revolução Francesa pelos advogados. E acredito que poucas lideranças no mundo jurídico se deram conta disso no mundo. Para um jovem advogado, abrir um escritório digital é entre 13 e 147 vezes mais barato do que abrir um escritório físico, e isso gera um impacto muito forte.

Além de gerar autonomia para o advogado individual e permitir o surgimento e fortalecimento de equipes jurídicas mais especializadas, mais acessíveis à população, a Advocacia Digital desmancha monopólios de grandes bancas que atuam em intermediação de clientes.

O Marketing Digital é um grande aliado para aproximar advogados e clientes e por isso que a ADVBOX também tem funcionalidades de marketing digital e ensina advogados a criar estratégias de prospecção. Além disso, nossa Escola ADVBOX educou mais de 200 gestores, sendo que mais de 50 escritórios já tem sites com mais de 20 mil visitas mensais e estão prospectando clientes na internet. Nosso PTM, portanto, é “Conectar as pessoas aos seus Direitos” e o meio para alcançá-lo é através da Advocacia Digital.

5. Enfim, quais são os planos da ADVBOX para os próximos anos?

Até final de 2021 pretendemos ter uma versão para o público Enterprise, com a mais avançada inteligência artificial do mercado, business intelligence da própria carteira e de mercado, inteligência financeira, ensino automatizado para gestores e colaboradores de todos os níveis, evoluir na área de marketing jurídico digital e atendimento aos clientes de formas inovadoras ainda inexistentes no mercado.

Nosso aplicativo de celular vai sair em 2020 e trará uma evolução nessa área, superando o modelo de cópia do software como nossos concorrentes fazem, com funções exclusivas voltadas para quem advoga sozinho e quer uma solução de baixo custo mas eficiente.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

2 palestras essenciais para saber mais sobre Legal Design

Próximo

Mongólia dá seus primeiros passos rumo ao Direito 4.0