Busca Legal pretende revolucionar a área fiscal com computação cognitiva

Continuo a série de entrevistas com (co)fundadores de lawtechs e legaltechs do Brasil. Só para ilustrar: mais de 40 startups já compartilharam suas experiências neste site. Nesta entrevista conversei recebi a Busca Legal, uma startup que pretende revolucionar a área fiscal com uso de computação cognitiva. Conversei com Aracely Silva sobre o funcionamento, as soluções e os planos para o futuro. Conheça, então, a Busca Legal:

Busca Legal 01

É provável que você goste:

DirectData ajuda advogados que procuram agilidade e segurança no processo de tomada de decisão

1. Em primeiro lugar, como surgiu a iniciativa?

A iniciativa surgiu por uma demanda apresentada pela IBM e por uma percepção dos sócios da necessidade do mercado por soluções de conteúdo fiscal.

Com a expertise dos sócios adquirida desde 1999 na área de informações legais, trouxemos a tecnologia IBM WATSON em nova plataforma para a área tributária no Brasil, para evolucionar a área fiscal!

2. Em síntese, quais são as soluções oferecidas pela startup?

T1: chatbot que te ajuda a consultar a tributação de um produto em operações internas. Basta informar a NCM, descrição ou código de barras, indicar a UF e pronto! O T1 traz toda a tributação desse produto para você;

T2: assim como o T1, trata-se de um chatbot que te ajuda a consultar a tributação de um produto, porém tanto em operações internas quanto interestaduais. Além de identificar os tributos, ele pode fazer o cálculo para você;

ST: auxilia a identificar se o produto está sujeito à substituição tributária do ICMS em operações internas e interestaduais ou mesmo incluído na antecipação tributária, em todos os estados e Distrito Federal.

Novas soluções em breve!

3. Em resumo, qual é o diferencial da Busca Legal em relação às demais startups que oferecem soluções similares?

Somos pioneiros em utilização de Inteligência Artificial para as áreas contábil, fiscal e tributária. Nosso diferencial foi desenvolver soluções que proporcionam o acesso de forma simples, rápida e eficiente a bases legais, conteúdos e ferramentas, otimizando o ritmo de trabalho comparado as buscas convencionais de tributação de produtos. Criamos o primeiro Chatbot de tributação do mercado! Somos uma empresa de tecnologia com foco em soluções para a área tributária e contábil, utilizando recursos de inteligência artificial.

É provável que você goste:

Taxcel oferece soluções para a leitura e edição de arquivos do SPED

4. Aliás, a Busca Legal tem um Propósito Transformador Massivo (MTP)? Se sim, qual?

Nosso propósito é permitir aos clientes reduzir os riscos fiscais e recolhimentos indevidos. Não há dúvida de que, do ponto de vista tributário e fiscal, manter uma empresa no Brasil é uma tarefa de alta complexidade, para dizer o mínimo. São dezenas de tributos e obrigações acessórias. Além disso, estima-se que são publicados, diariamente, mais de 50 atos legais relativos à legislação tributária.

5. Só para ilustrar, quem são as pessoas por trás da Busca Legal?

Aliamos a expertise dos sócios adquirida desde 1999 na área de informações legais à tecnologia Watson da IBM, com o uso de computação cognitiva para revolucionar a área fiscal, bem como à base de conhecimento de produtos gerenciada pela Systax, empresa de inteligência fiscal e única a organizar acervo com mais de 20 milhões de regras tributárias. Em síntese, somos:

  • Paschoal Naddeo: Sócio na Busca Legal Tecnologia e Sócio na EDDA; Diretor de novos negócios na Idealiza Urbanismo
  • Fabio Rodrigues: Sócio na Busca Legal Tecnologia, sócio na BSSP Centro Educacional
  • Leandro Maniezo: Sócio na Busca Legal Tecnologia e na Systax Sistemas fiscais.
  • Jerson Prochnow: Sócio na Busca Legal Tecnologia e CEO na Systax.
  • E mais um time de excelentes colaboradores.

6. Enfim, quais são os planos da Busca Legal para os próximos anos?

Nosso plano é continuar a desenvolver soluções para a área fiscal com o uso de tecnologia, computação cognitiva e linguagem natural, permitindo o acesso de forma simples e eficiente a bases legais e conteúdos, transformando informações em conhecimento para a tomada de decisões na área contábil e tributária.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Visual Law: o que pensam os magistrados brasileiros sobre elementos visuais em petições?

Próximo

Profissões do futuro: tecnólogos jurídicos e engenheiros de conhecimento jurídico