Como se preparar para o mercado jurídico do futuro

O mundo jurídico passa por transformações nunca antes vistas na história. Aceleradas pela pandemia, as novas tecnologias estão mudando a maneira como os serviços jurídicos são prestados. Para se preparar para o mercado jurídico do futuro, os profissionais devem adotar um conjunto de mentalidades, sem as quais a adaptação poderá ser dificultosa.

Mercado jurídico do futuro

A Futurídica, edtech da qual sou cofundador, com meu amigo e colega Felipe Cardoso Moreira de Oliveira, nasce justamente com o propósito de preparar estudantes e profissionais do Direito para o mercado jurídico do futuro, para que possam se inocular, enxergar riscos e oportunidades, bem como se antecipar em relação ao que está por vir.

No dia 1º de outubro de 2020, o foguete da Futurídica será oficialmente lançado! Quero convidar você, leitor(a), para embarcar conosco nesta jornada. Além de conhecer em primeira mão a edtech, você terá acesso a uma aula aberta com conteúdos exclusivos. Nela, você aprenderá mais sobre novas tecnologias, Visual Law e habilidades para o futuro.

É provável que você goste:

O choque do futuro no Direito

mercado jurídico do futuro 01
O mundo jurídico passa por transformações nunca antes vistas na história

As mudanças estão acontecendo em ritmo acelerado, sobretudo no campo do Direito, desafiando nossa capacidade de fazer escolhas. Nunca como agora foi tão importante desenvolver uma perspectiva temporal orientada para o futuro. O pensamento futuro nos permite antecipar possibilidades vindouras (inoculação), enxergando riscos e oportunidades.

O escritor de ficção científica Philip K. Dick registrou, certa vez, a seguinte frase: “O futuro muda porque você olhou para ele. E isso muda todo o resto.” Em suma, as imagens do futuro que temos em nossas mentes determinam as nossas ações no presente. Sendo assim, ao mudarmos nossa visão em relação ao amanhã, tomaremos melhores decisões hoje.

Inscreva-se

Venha conosco! O evento é online e gratuito, com vagas limitadas.

Clique AQUI, enfim, para se inscrever.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no Facebook, Instagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Advogados não entendem muito sobre inteligência artificial, revela pesquisa

Próximo

Singapura aposta em programas governamentais para inovar o setor jurídico