Looplex é uma plataforma para automação inteligente de documentos

Continuo a série de entrevistas com (co)fundadores de lawtechs e legaltechs do Brasil. Só para ilustrar: mais de 40 startups já compartilharam suas experiências neste site. Nesta entrevista recebi a Looplex, uma plataforma para automação inteligente de documentos. Conversei com o Anderson Machado, diretor de tecnologia, sobre o funcionamento, as soluções e os planos para o futuro. Conheça, então, a Looplex:

1. Em primeiro lugar, como surgiu a Looplex?

A iniciativa surgiu há aproximadamente seis anos, na tentativa de propor uma minuta de documento a partir de dados inseridos pelos usuários. No contexto, Angelo, André e eu estávamos na operação. Tal iniciativa amadureceu e acabamos seguindo na trilha de automatização de conteúdo e transferência de conhecimento.

2. Em síntese, quais são os serviços oferecidos?

Atualmente trabalhamos com serviços de automação em empresas que buscam a digitalização do conteúdo delas na era da transformação 4.0. Outra linha de negócio que fomentamos é nossa iniciativa Academy, onde ensinamos pessoas a portarem seus conhecimentos para a nossa plataforma de automação. Hoje, estamos nos especializando em automação de documentos inteligentes.

É provável que você goste:

Cláusula Certa oferece uma experiência de busca assertiva de cláusulas contratuais

3. Só para ilustrar, qual é o diferencial da Looplex em relação às demais startups que oferecem soluções similares?

Nosso diferencial é o poder de expressão de conhecimento de nossa linguagem própria, o Lawtex. Com ela, conseguimos registrar lógicas densas e complexas de peças jurídicas que demandam um cuidado mais específico. Estamos também nos preparando para pegar os dados estruturados gerados pela automação e devolver aos clientes com insights, jurimetria, forecasting e outros serviços de dados. Em outras palavras, para nós a automação é só um meio, e não um fim em si.

4. Aliás, a Looplex tem um Propósito Transformador Massivo (MTP)? Se sim, qual?

O propósito central da Looplex é a democratização dos serviços jurídicos e a massificação do conteúdo digital no Brasil. Acreditamos na transformação do modo de pensar dos agentes colaboradores para que transfira o conhecimento jurídico disponível em código executável por máquina e, ao mesmo tempo, menos obscuro para os agentes do direito. Como chegamos lá? Educação e povoamento do meio jurídico através de nossas iniciativas de franquias e whitelabel.

5. Em resumo, quem são as pessoas por trás da Looplex?

As pessoas que fazem a máquina funcionar são Leilani Mendes, coordenadora e inspiradora da comunidade Lawtex e Looplex Academy, Fábio de Cápua, nosso líder de engenharia jurídica, Alejandro e Rafael Parente, fundadores e responsáveis pelo código do sistema, e nossa diretoria composta por mim, Marcello Lutz – Diretor Comercial e Angelo Caldeira – CEO.

6. Enfim, quais são os planos para os próximos anos?

Pretendemos continuar a escalar nossa ferramenta em (a) pessoas formadas por cursos do Academy, (b) produtos automatizados de clientes-parceiros estratégicos em nosso Marketplace de documentos automatizados (em breve), (c) em análise de dados massivos e BI, (d) em parceiros escalados na produção massiva de conteúdo digital através de nossas soluções whitelabel e API.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Cláusula Certa oferece uma experiência de busca assertiva de cláusulas contratuais

Próximo

Em tempos de coronavírus, a advocacia precisará se reinventar?