Mercado de tecnologia jurídica cresce na América Latina

Recente relatório revelou que o mercado de tecnologia jurídica na América Latina está em crescimento, com empresas em diferentes estágios de desenvolvimento. De acordo com o documento, intitulado Latin American Legal Tech Report 2020, existem pelo menos 25 segmentos nos quais as startups estão oferecendo suas soluções tecnológicas.

Mercado de tecnologia jurídica na América Latina

Os maiores segmentos explorados pelas legaltechs são, respectivamente, automação de documentos (48%), legal analytics (38%), legal operations (34%), gestão do ciclo de vida dos contratos (23%), acesso à justiça (21%) e pesquisa jurídica (21%). As startups jurídicas também oferecem serviços de e-Discovery, resolução de conflitos online e compliance:

mercado de tecnologia jurídica 01
Clique para mais zoom

É provável que você goste:

Legaltechs latino-americanas apostam em escritórios de advocacia e departamentos jurídicos

Ainda conforme o relatório, a maioria das startups jurídicas (70%) oferece soluções integradas. Ou seja, as legaltechs latino-americanas estão apostando em plataformas com múltiplas funcionalidades/serviços. O objetivo, em síntese, é resolver diversas ineficiências do mercado jurídico e ajudar os consumidores/clientes a partir de uma única interface.

Só para ilustrar: das startups que escolheram esse caminho, 40% integraram duas soluções em uma única plataforma; 45% três a cinco soluções; e 15% integraram seis ou mais soluções. A tendência em oferecer soluções integradas não é exclusividade da América Latina, sendo realidade também na Oceania, como revela o Global Legal Tech Report for Australia.

O relatório contou, em suma, com a participação dos seguintes países: Brasil, Colômbia, Equador, Argentina, Chile, Peru, Uruguai, Bolívia, México, El Salvador, Guatemala e Panamá. Aqui, o levantamento teve o apoio da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (AB2L), além de 89 lawtechs, das quais 59 tiveram suas respostas incluídas no report.

Íntegra do relatório

Clique AQUI para saber mais sobre o Latin American Legal Tech Report 2020.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Ativistas desenvolvem tecnologias para reconhecer policiais que escondem suas identidades

Próximo

O podcast sobre Direito, inovação e novas tecnologias