Com laboratório de inovação, MPRJ busca se tornar um órgão à frente de seu tempo

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) recentemente fundou seu próprio laboratório de inovação, com objetivo de explorar ideias audaciosas e experimentar novas práticas. Intitulada INOVA_MPRJ, a iniciativa aposta na cultura experimental e no uso combinado de ferramentas como design de serviços, ciências de dados e soluções digitais.

Com a missão de construir um MPRJ à frente do seu tempo, o laboratório, em suma, tem como objetivos: prospectar tendências, projetos e iniciativas existentes no ecossistema de inovação, tanto no Brasil quanto no mundo; desenvolver experimentos e ações inovadoras; difundir a cultura de inovação na Instituição; além de fomentar e criar redes.

Reunião de lançamento da primeira edição do projeto Impacta

É provável que você goste:

MPRJ adota elementos visuais em ações civis públicas

O laboratório de inovação do MPRJ

Só para ilustrar: desde sua fundação, em fevereiro de 2019, o laboratório vem conduzindo projetos para fomentar a inovação e aumentar a efetividade da atuação ministerial. Em março de 2020, aliás, o INOVA_MPRJ lançou a primeira edição do Impacta, um programa de inovação aberta que busca acelerar startups para solucionar desafios do órgão:

A inovação aberta permite que o órgão público especifique o desafio que pretende ver solucionado e o resultado esperado. (…) A ideia é garantir à sociedade – academia, empresas, startups etc. – a oportunidade de cocriar soluções inovadoras para desafios do setor público. – INOVA_MPRJ

Além disso, o laboratório lançou o Bússola _Baía de Guanabara, para monitorar os acordos firmados entre MPRJ, CEDAE e o Governo do RJ, referentes às obras de saneamento na Bacia da Baía de Guanabara; e o Bússola _Gestão Hospitalar, para promover transparência e ajudar promotores a priorizarem suas atuações dentro da agenda.

O Fagulha é outro projeto do laboratório, que busca disseminar a inovação. O objetivo, em suma, é estimular o espírito inovador de agentes internos e externos ao MPRJ, convidando-os para trabalhar com a equipe do laboratório por determinado período. Já o Vértice é um projeto que ajuda a identificar sobreposições de atribuições e espaços vazios.

Conheça o laboratório

Enfim, clique AQUI para conhecer todas as iniciativas do INOVA_MPRJ.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no Facebook, Instagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Resolução do CNJ dispõe sobre uso de inteligência artificial no Poder Judiciário

Próximo

Conheça iJuspLab, o laboratório de inovação da JFSP