Os desafios da advocacia no “novo normal”

Participei recentemente do evento online Law & Tech, organizado pela rede social jurídica LinkLei. A iniciativa contou com a participação de convidados estrangeiros, como Mark Cohen e Michele DeStefano, além de especialistas nacionais em Direito, inovação e tecnologia. Tive a grata satisfação de falar sobre os desafios da advocacia no “novo normal”.

Os desafios da advocacia no “novo normal”

Iniciei a fala explorando o choque do futuro, de Alvin Toffler. Idealizado pelo futurista estadunidense na década de 60, em artigo publicado na Horizon Magazine, o conceito é por ele descrito como sendo a “esmagadora tensão e desorientação a que induzimos os indivíduos quando os sujeitamos a um excesso da mudanças em muito pouco tempo”.

À semelhança do conceito, em suma, estamos experimentando uma “chegada prematura do futuro”, o que nos desorienta. Os profissionais da advocacia estão aprendendo a manusear ferramentas tecnológicas para exercerem suas atividades. Além disso, o Poder Judiciário está tendo de se adaptar, modificando a forma como os atos judiciais são conduzidos.

os desafios da advocacia 01
O mundo (do Direito) jamais será como antigamente

É provável que você goste:

A pandemia está acelerando o futuro do Direito?

A lógica mudou

Tudo sugere que o mundo (do Direito) jamais será como antigamente. Em suma, a lógica de tudo mudou. As exigências dos clientes são outras. O “novo normal” está exigindo dos atores judiciários novas mentalidades e habilidades. Durante a palestra, portanto, discorri sobre as mentalidades e habilidades que considero essenciais neste “novo presente”.

Dentro das habilidades, mergulhei rapidamente no universo do Visual Law e falei sobre a pesquisa nacional que estou coordenando para avaliar a visão da magistratura em relação a elementos visuais em petições. Após a exposição, respondi alguns questionamentos dos alunos do curso de Direito da Universidade Anhanguera, em Caxias do Sul (RS).

A palestra reúne tópicos não explorados em textos anteriores. Sendo assim, fica o convite para conferir o conteúdo completo:

Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no Facebook, Instagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

3 TED Talks para entender a discriminação algorítmica

Próximo

JFRN adota elementos visuais em mandado de citação e intimação de penhora