Oystr desenvolve robôs para captura e envio de informações dentro do ambiente jurídico

Continuo a série de entrevistas com (co)fundadores de lawtechs e legaltechs do Brasil. Na entrevista de hoje, recebi a Oystr, uma plataforma que desenvolve robôs para captura e envio de informações dentro do ambiente jurídico, tornando os processos mais ágeis e inteligentes para advogados. Conversei com o Rafael Caillet, CEO da startup, sobre o funcionamento da Oystr e os planos para o futuro.

Conheça, então, mais detalhes da Oystr:

oystr 01

1. Em primeiro lugar, como surgiu a Oystr?

Surgiu das demandas de escritórios de advocacia de fazer integração de uma forma ágil com seus clientes.

2. Em síntese, quais são os serviços oferecidos pela startup?

Oystr busca e alimentar dados em sistemas de gestão de departamento jurídicos e tribunais. Por exemplo, insere andamentos e documentos em lote no sistema de departamento jurídico, faz protocolos (substabelecimento e intermediárias) em lote, busca intimações eletrônicas (entra como advogado nos tribunal) e busca documentos do processo (temos a consulta logada como advogado)

3. Qual é o diferencial da Oystr em relação às demais startups que oferecem soluções similares?

Em resumo, o formato e execução do serviço. Nossas soluções são escaláveis, de fácil integração com sistemas, e os robôs são executados de forma imediata pelo cliente.

É provável que você goste:

Aurum ajuda advogados a gerenciar seus escritórios de forma inteligente e integrada

4. Aliás, a Oystr tem um Propósito Transformador Massivo (MTP)? Se sim, qual?

Buscamos tornar o processo mais ágil e inteligente, permitindo que os advogados se concentrem no essencial: ADVOGAR.

5. Quem são as pessoas por trás da startup?

Leandro Cuz (cofundador), Mauricio Kavinski (cofundador), Jonas Pacheco (CTO) e Rafael Caillet (CEO). Além disso, nosso time:

oystr 02

6. Enfim, quais são os planos da Oystr para os próximos anos?

Expansão do mercado de automações de processos repetitivos com robôs.


Então, você já conhecia a Oystr?

Deixe seu comentário abaixo!


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Aurum ajuda advogados a gerenciar seus escritórios de forma inteligente e integrada

Próximo

Legal Insights utiliza dados para otimizar as tomadas de decisão dos gestores jurídicos