TJRS adota recursos visuais para facilitar acesso das partes às audiências virtuais

A Vara de Acidente do Trabalho de Porto Alegre (RS) está adotando recursos visuais para facilitar o acesso das partes e dos advogados às audiências virtuais. Sob a orientação da juíza Clarissa Costa de Lima, servidores do cartório elaboraram um guia rápido apresentando, de forma ilustrativa, o passo a passo para acessar as salas de audiência.

A concepção do modelo ocorreu durante um curso da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM),  ministrado pela Villa | Visual Law Studio. Mais de 60 magistrados/as participaram do treinamento e elaboraram conjuntamente o template, para ser adaptado conforme as necessidades de cada unidade judiciária.

Guia de audiência virtual com recursos visuais

O material, elaborado no modelo one page, reúne informações relevantes para advogados, partes e testemunhas. O objetivo, em síntese, é instruir adequadamente os envolvidos a utilizar as ferramentas de videoconferência. Tudo para que saibam como manuseá-las e também lidar com problemas técnicos que apareçam. De acordo com a magistrada Clarissa,

A One Page foi a forma que encontramos de transmitir as informações necessárias de forma clara, objetiva, rápida e compartilhável. – Clarissa Costa de Lima (juíza da Vara de Acidente do Trabalho)

O guia rápido combina ícones, ilustrações e um fluxograma para facilitar o entendimento de advogados, partes e testemunhas. Dividido em sete etapas, o fluxograma apresenta as principais etapas do procedimento – antes, durante e após a audiência. O documento elenca, além disso, recomendações e alertas para que as orientações fiquem ainda mais claras:

recursos visuais 01
Clique para mais zoom

É provável que você goste:

TJRS lança projeto para simplificar a redação dos documentos jurídicos

Simplificando a redação dos documentos jurídicos

A 3ª Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre (RS) também começou a empregar técnicas de Visual Law em seus documentos. Sob a coordenação do magistrado Cristiano Vilhalba Flores, servidores elaboraram um guia com orientações para que partes, advogados e testemunhas consigam acessar as audiências virtuais com facilidade (veja AQUI).

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) está comprometido a tornar as redações dos documentos jurídicos mais simples, claras e objetivas. A Comissão de Inovação da corte gaúcha – INOVAJUS – recentemente lançou o projeto DESCOMPLICA, que iniciou suas atividades repaginando os ofícios-circulares da Corregedoria-Geral da Justiça.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

TJRR inaugura laboratório de inovação e inteligência

Próximo

TJMA aposta em Visual Law para aproximar Judiciário dos jurisdicionados