Turivius oferece soluções de pesquisa jurisprudencial e jurimetria a advogados

Continuo a série de entrevistas com (co)fundadores) de lawtechs legaltechs brasileiras. Nesta entrevista recebi a Turivius, uma startup que oferece soluções de pesquisa jurisprudencial e jurimetria a advogados. Em suma, conversei com o CEO Danilo R. Limoreiro, sobre o funcionamento e os planos para o futuro. Confira, então, mais detalhes da Turivius:

Turivius 01

1. Em primeiro lugar, como surgiu a iniciativa?

A ideia da Turivius surgiu quando eu (Danilo, CEO da Turivius) estava no penúltimo ano do PhD no MIT. Eu estava terminando um treinamento muito intenso de como aplicar estatística avançada a ciências sociais. Percebi que as técnicas de machine learning tinham o potencial enorme de reduzir burocracias e ineficiências no Brasil.

Escolhi a área jurídica por ver várias possibilidades de aplicações comerciais. Mas faltava um advogado no time. Em uma viagem para São Paulo, conheci o Guilherme Kenzo, que estava terminando o mestrado na USP. Guilherme tem formação jurídica, é também desenvolvedor de software e tinha experiência em aplicações de inteligência artificial no direito.

Foi uma parceria ideal para começarmos a empresa. Eu resolvi voltar para o Brasil ao terminar o PhD para fazer a empresa crescer e estamos agora operando no mercado há pouco tempo, só 14 meses. Mas mesmo em pouco tempo já temos como clientes escritórios de grande porte e empresas multinacionais.

2. Em síntese, quais são as soluções oferecidas pela Turivius?

Oferecemos a Plataforma Turivius, um sistema que une pesquisa jurisprudencial inteligente e jurimetria integrada à busca. Com ela o advogado reduz consideravelmente o tempo de pesquisa, é alertado automaticamente sobre novos precedentes e arquiva e compartilha com seu time o resultado de suas pesquisas.

O advogado também acessa jurimetria sobre a jurisprudência enquanto faz a busca, sem interromper seu fluxo de trabalho. Esse é o conceito de jurimetria integrada: a análise estatística se integra ao trabalho jurídico tradicional de forma seamless. Tecnologia aliada com a tradição. Assim, a Plataforma Turivius em duas vantagens principais para o advogado:

  • ganhar tempo para focar no que dá mais retorno para o seu escritório (captar novos clientes, se aprofundar nas teses, etc);
  • aumentar a competitividade e qualidade dos serviços oferecendo aos clientes análises rigorosas baseadas na jurimetria.

Combinadas, elas têm enorme potencial para aumentar a receita do escritório. Essas vantagens não podem ser subestimadas. Por exemplo, em uma survey que fizemos, chegamos ao resultado de 135 horas/ano gastas com pesquisa jurisprudencial, para cada advogado. Isso implica aproximadamente R$ 10.350 em salários e R$ 67.000 em billables para clientes por advogado por ano. É um tempo enorme de gente muito qualifica em uma atividade que pode ser otimizada, liberando tempo para focar em atividades que dão mais retorno.

3. Só para ilustrar: qual é o diferencial da Turivius em relação às demais startups com soluções similares?

A gente procura não se comparar com outras startups pois tem muita gente fazendo coisa super-interessante nesse mercado. Mas o nosso diferencial é pesquisa inteligente combinada com jurimetria integrada. O advogado pesquisa toda a jurisprudência que pesquisa e nosso algoritmo retorna apenas os precedentes que importam.

Ao mesmo tempo, o advogado recebe análise quantitativa da jurisprudência enquanto faz a busca. Com a combinação de ambos, o advogado corta custos, aumenta a competitividade do escritório e a sua lucratividade. Em síntese, vou dar os detalhes em quatro pontos:

O primeiro é o conceito de jurimetria integrada. O advogado acessa as estatísticas sobre a jurisprudência relevantes já dentro da plataforma de busca. Ele não precisa de quebrar o fluxo do trabalhar, sair do foco e abrir uma outra aplicação de jurimetria. Em suma, é mais rápido e o custo é menor.

O segundo é a pesquisa inteligente. Nossa plataforma de busca cobre o Judiciário mas vai além. Temos as bases de dados administrativas, como os conselhos de recursos fiscais (estaduais e federais) e soluções de consulta da Receita. Em breve teremos também Bacen, CVM, agências reguladoras, etc. Tudo isso com atualização semanal e alertas para avisar da publicação de novas decisões relevantes, deixando o advogado atualizado da jurisprudência automaticamente.

É provável que você goste:

Em 1837, matemático francês já pensava em calcular a probabilidade dos julgamentos

O terceiro são os filtros inteligentes de busca, que permitem ao usuário encontrar exatamente o tipo de precedente que precisa em poucos segundos. Por exemplo, ele procurar decisões sobre base de cálculo de PIS/Cofins que foram favoráveis ao contribuinte, aprovadas unanimemente e relatadas por um conselheiro do CARF que ele definir. Retornamos todas as decisões dentro desses critérios em menos de um segundo.

O quarto é o nosso sistema de coleções. É uma espécie de Pinterest para advogados. O usuário coleciona decisões importantes, arquiva em pastas na nuvem e pode compartilhar com colegas do escritório. Com o tempo, atualizamos essas coleções automaticamente. Assim, o advogado não perde o resultado das buscas, gera sinergia no time e ainda fica atualizado automaticamente.

4. Aliás, a Turivius tem um propósito transformador massivo (MTP)? Se sim, qual?

Certamente! Queremos usar a tecnologia para diminuir a burocracia. No Brasil gastamos muito tempo com atividades não-produtivas. Isso inclui desde simples visitas ao cartório a até processos judiciais longos e custosos porque fisco e contribuintes não se entendem quanto a forma correta de recolher os tributos.

Nossa criatividade e produtividade acaba sendo direcionada para esse tipo de atividade. Gostaríamos de devolver para as pessoas e empresas o tempo que atualmente gastam com atividades, para que possam investir esse tempo de trabalho em outros propósitos mais nobres.

5. Em suma, quem são as pessoas por trás da Turivius?

  • CEO: Danilo R. Limoeiro, PhD pelo MIT, onde criou expertise em machine learning e empreendedorismo. Mestre com distinção pela Oxford University, ex-gestor de políticas públicas do governo federal. Já serviu no Ministério da Fazenda e Presidência da República.
  • CTO: Guilherme Kenzo, advogado, mestre em Direito pela USP. Programador de software com expertise em processamento de linguagem natural e redes neurais. Fundador do MakerSpace Maringá e ex-CEO de startup finalista da HackBrasil, competição de startups em Boston, organizada por estudantes do MIT e Harvard. Board of Advisor (experiência do usuário e arquitetura de interação):
  • Karen Donoghue, mestre pelo MIT Media Lab, cientista da computação pela Tufts University, ex-Microsoft. Autora de ‘Built for Use’, Fundadora do humanlogic.com, consultora de User Experience do Google, Microsoft e Motorola.

6. Enfim, quais são os planos da Turivius para os próximos anos?

A gente quer continuar consistente com nossa missão de devolver o tempo para as pessoas. Tempo é o ativo mais precioso que temos. Hoje vemos profissionais, especialmente no Brasil, gastando tempo com atividades repetitivas e de baixa demanda intelectual.

Acreditamos que a inteligência artificial pode gerar várias eficiências permitindo as pessoas a serem mais produtivas e usar todo seu potencial de criatividade e inteligência no que realmente lhes importa. Enfim, queremos seguir com essa missão de aliar tecnologia com grandes propósitos humanos.


Quer estar por dentro de tudo que envolve Direito, inovação e novas tecnologias?

Então, siga-me no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe conteúdos diários para se manter atualizado.

Bernardo de Azevedo

Advogado, empreendedor, professor e pesquisador de novas tecnologias. Acredita no poder da informação como forma de incentivar as pessoas a promover mudanças.

Anterior

Em 1837, matemático francês já pensava em calcular a probabilidade dos julgamentos

Próximo

CNJ pretende lançar plataforma online para solucionar demandas relacionadas à COVID-19